Juarez Soares, grande nome do jornalismo esportivo, morre aos 78

Comentarista trabalhou durante muitos anos na Record TV, fazendo parte das equipes do Debate Bola e também do Terceiro Tempo

   O jornalismo esportivo está de luto! Morreu nesta terça-feira, aos 78 anos, Juarez Soares, comentarista esportivo com carreira marcante na televisão, fazendo parte inclusive, da equipe do Debate Bola e do Terceiro Tempo, programa comandado por Milton Neves na Record TV durante muitos anos.

Conhecido pelo apelido de China, ele teve carreira de mais de 60 anos na imprensa esportiva, ao começar em emissoras de rádio do interior de São Paulo, onde nasceu, em São José dos Campos e passar anos mais tarde trabalhando em emissoras como Record TV, TV Globo, Bandeirantes, SBT e por último, na RedeTV!. Atualmente, Juarez estava de licença da Rádio Capita A causa de sua morte ainda não foi revelada, mas Juarez lutava já há algum tempo contra um câncer de cólon. De acordo com o UOL Esporte, o jornalista, que estava em casa, chegou a ser encaminhado às pressas para um hospital, mas não resistiu.

Além da carreira no jornalismo esportivo, onde exerceu funções de comentarista, narrador e repórter, Juarez Soares se envolveu na vida política do país. Ele foi filiado ao PT por 21 anos e eleito vereador pelo partido em 1988.

Em 2003, deixou a legenda e, no PDT, saiu como candidato a vice-prefeito de São Paulo na chapa encabeçada por Paulinho da Força, atualmente deputado federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!