Os garis comunitários de São João de Meriti: funcionários da Mais Verde coletam o lixo a pé em áreas de difícil acesso

  •  Iniciativa da concessionária de limpeza urbana busca melhorar a gestão do lixo
    em regiões de morros, onde o caminhão tradicional de coleta não chega
    Nas regiões de morros de São João de Meriti, com ruas íngremes não pavimentadas e
    vielas estreitas, nem sempre é possível que o caminhão tradicional de coleta de lixo acesse
    determinadas áreas. Para garantir que essas localidades também sejam atendidas, a Mais
    Verde, concessionária de limpeza urbana do município, vem desenvolvendo o projeto Gari
    Comunitário: funcionários que são contratados para circular a pé, varrendo as ruas e
    recolhendo as sacolas de lixo para levá-las até onde caminhões menores conseguem
    chegar.
    Até o momento, o projeto atende ao Morro do Pau Branco, à região do Dique e à Vila
    Rosali. São oito funcionários em atividade e todos são moradores das vizinhanças que
    limpam, o que otimiza o trabalho por conhecerem bem as áreas.
    Um deles é Antônio de Oliveira Paulo, gari comunitário há quatro meses:
    – Fiquei feliz quando mandei meu currículo, fiz a entrevista e fui contratado. Eu circulo com
    o carrinho de lixo pelo morro, nos becos, vou pegando as sacolas e colocando em um saco
    maior, carrego tudo para onde o caminhão passa. Além de ser uma oportunidade
    importante por causa do emprego, é no lugar onde eu moro, beneficia o meu dia a dia. Eu
    me sinto bem em ver a minha própria rua limpa.
    A iniciativa surgiu após solicitações de moradores para que o serviço de coleta de lixo fosse
    realizado com mais abrangência nessas regiões. Os garis comunitários trabalham de
    segunda a sábado, de 6h às 14h.
    Recentemente, a Mais Verde adquiriu “equipamentos satélites” – caminhões menores,
    com apenas uma caçamba na traseira, que têm mais facilidade de locomoção em vias com
    declives e sem asfalto. São estes veículos que transportam o lixo coletado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!