Prefeitura do Rio libera eventos em quadras de escola de samba

Segundo medida publicada em Diário Oficial, as escolas precisarão seguir protocolos sanitários específicos para a atividade

 
  A prefeitura do Rio vai liberar a partir de 1º de novembro eventos em quadras de escolas de samba, seguindo os protocolos sanitários específicos para a atividade. A decisão foi publicada em Diário Oficial, na manhã desta terça-feira, e traz uma revisão da Fase 6B de flexibilização da cidade, em vigor desde 1º de outubro.
Os eventos poderão ser realizados com cadeiras e mesas numeradas e as escolas de samba terão de submeter as equipes a cursos de capacitação da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses. Os eventos precisarão cumprir as “Regras de Ouro”, como uso de máscaras obrigatório, só retirar para ingerir alimentos, distanciamento de dois metros de distância, disponibilidade de álcool, manter os ambientes arejados, realizar a limpeza do ambiente, além de divulgar as medidas de prevenção no local.
PUBLICIDADE

No texto, a prefeitura afirmou que “O comitê científico, por unanimidade, reconheceu que a fase 6B não provocou impacto nos indicadores os quais inclusive vem evoluindo positivamente depois de seu início. As atividades retomadas nesta fase não foram, até o momento, responsáveis por impactos sobre o sistema de saúde da rede METRO/SUS”.
De acordo com a prefeitura, em reunião com o comitê científico e após análise dos dados sobre a covid-19 no município, houve um consenso  sobre a “necessidade de se criar mais opções em espaços que possam ser controlados com o objetivo de desviar o fluxo dos lugares de difícil controle”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!