Visão Geral – 11/05

Bola Cheia

Quando o exemplo vem de casa. Ontem, em um supermercado de Nova Iguaçu, avó e netinha foram abordadas por um senhor que ofereceu balas à menina. Feliz, a garotinha, de 5 anos, aceitou e disse: “Obrigado”. “Assim que se faz, Ritinha. Vovó gostou”. O homem se afastou das duas elogiando o resultado da educação aplicada no seio doméstico, daquela família. #Aplausos

 

Bola Murcha

Quando o exemplo não vem de cima. Ainda circula com vigor nas redes sociais a indicação de duas advogadas, sem pós-graduação, filhas de ministros do STF, para desembargadoras de tribunais de justiça do Rio. Letícia Mello, 37, para o TRF, cujo pai é o polêmico, Marco Aurélio Mello, e Marianna Fux, 32 (TJ), filha do discreto, Luiz Fux, são as sortudas. #AInjustiçaComeçaLáEmCima

 

Luz na escuridão, em Mesquita

Pouco mais de mil luminárias já foram trocadas pelo Departamento de Iluminação Pública de Mesquita. A informação é do vice-prefeito da cidade, Waltinho Paixão, responsável pelos serviços externos do governo Jorge Miranda. O trabalho está sendo executado por cinco equipes em vários bairros do município. Ontem foi a vez da Coreia (foto), próximo ao Departamento de Policiamento Ostensivo (DPO) e do Posto de Saúde do bairro, cujo trecho estava há mais de um ano na escuridão.
De acordo com Waltinho, além das luminárias, as equipes trocam também a fotocélula e o reator, deixando as ruas mais claras. Ele garante que o trabalho atenderá os 13 bairros de Mesquita.

 

 

 

Vereadores de olho
no prefeito

Na terça-feira (9), os vereadores de Mesquita criaram uma Comissão Processante para apurar possível infração político-administrativa do prefeito Jorge Miranda após denúncia protocolada por um cidadão no mesmo dia. A denúncia é sobre abertura de crédito adicional especial de R$14.098.551,07 no orçamento vigente, realizado em fevereiro deste ano, sem a autorização prévia da Câmara mesquitense. O vereador Professor Max é o presidente da Comissão. O também vereador Marcel (relator) e seu colega Gelson Henrique (membro).

 

Cursos no Senai

O SENAI Rio, em parceria com os sindicatos da indústria da capital, Baixada e Leste Fluminense, está com inscrições abertas para 1.529 vagas gratuitas em cursos técnicos, de qualificação e de aperfeiçoamento, para os meses de maio, junho e julho. Em 2017, serão oferecidas mais de 11 mil oportunidades em todo o estado. As vagas são para as áreas alimentos, automotiva, construção civil, elétrica, mármores e granitos, madeira e mobiliário, papel, plástico, química e vestuário.

 

Cursos no Senai (2)

As vagas são voltadas para trabalhadores de empresas associadas aos sindicatos e estão distribuídas pelas unidades SENAI de Benfica (IST Automação e Simulação), Cinelândia, Duque de Caxias, Jacarepaguá, Maracanã (unidade gráfica), Maracanã (IST Solda) Niterói, Nova Iguaçu, Rodrigues Alves, São Gonçalo, Tijuca e Vicente de Carvalho. Informações sobre como se candidatar podem ser obtidas através do 0800 0231 231.

 

Sai PF; entra estacionamento

Há pouco tempo circulou nas redes sociais imagens da área do antigo prédio da Polícia Federal, em Nova Iguaçu – Rua Marechal Floriano Peixoto, ao lado do Supermercado Intercontinental. As fotos de abandono total surpreenderam todos que viram e leram. Agora, segundo informações, o local, antes escolhido para ser sede da Guarda Municipal, virou estacionamento particular. Quer dizer: alguém deve estar ganhando dinheiro em solo pertencente à municipalidade.

 

Oficina de
Braille

O Centro Universitário Uniabeu está com inscrições abertas para 80 vagas na oficina gratuita de Braille, que será realizada no dia 25 de maio, no campus Belford Roxo, às 17 horas. Segundo a professora Christiane Penha, o evento vai dá noções de orientação e mobilidade para os que exergam e como conduzir o deficiente visual, mostrar a linguagem que deve ser usada com o portador de deficiência visual. Para os deficientes visuais, a oportunidade é importante para ampliar a autonomia com atividades cotidianas.

 

Inclusão social

A oficina é indicada aos portadores de deficiência visual e voluntários, melhorando a inclusão em escolas, universidades, no mercado de trabalho. As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de maio no http://www.uniabeu.edu.br/noticias_eventos.php?t=evento&cod=281. “O sistema braille é um código universal de leitura tátil e de escrita, usado por pessoas cegas. Ele foi desenvolvido na França por Louis Braille, um jovem cego, a partir do sistema de leitura no escuro, para uso militar, de Charles Barbier”.

 

Para finalizar…

Nota da coluna: a oficina promovida pela Uniabeu de Belford Roxo, também serve para orientar ‘guias de cegos’ e ainda pessoas que se prestam a auxiliar os que não enxergam, principalmente, nas travessias de ruas e leituras de placas indicativas em vias públicas. #BoaVontadeDeveCombinarComConhecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!