Polícia prende casal suspeito de envolvimento na morte de Vitória Gabrielly

Após uma semana de buscas, corpo de Vitória Gabrielly foi encontrado em estrada de terra Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu, durante a manhã desta sexta-feira, um casal apontado como cúmplices na morte de Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos. Além deles, Julio Cesar Lima, indiciado por homicídio doloso, já foi preso após se entregar à polícia no dia 15 de junho.

Após uma semana de buscas, corpo de Vitória Gabrielly foi encontrado em uma estrada de terra na área rural de Araçariguama, na Grande São Paulo, no dia 16. Morador de Mairinque, o servente de pedreiro Júlio Cesar Lima Ergesse, de 24 anos, deu seis versões diferentes sobre o crime.

De acordo com as provas colhidas pelo Instituto de Criminalística, a menina foi morta por asfixia. A polícia também busca resquícios de DNA nas roupas e nas cordas usadas no crime. Os investigadores suspeitam de que a menina foi assassinada por engano.

Segundo a Polícia Civil, o casal tem passagem pela polícia, ela por tráfico de drogas e ele por roubo. Os dois, que já foram chamados a depor, serão interrogados novamente pelos policiais, que investigam principalmente o uso de outro carro no crime. Após a realização de uma perícia no carro do casal, não foram encontrados sinais da presença de Vitória Gabrielly. A Polícia, contudo, suspeita da utilização de outro veículo.

O casal, assim como Júlio César Lima Ergesse, mora em Mairinque, cidade vizinha a Araçariguama.

O crime ocorreu no último dia 8, quando Vitória saiu de casa para patinar com uma amiga em um ginásio de esportes próximo à sua residência. Imagens do momento foram registrados por câmeras de segurança.

As buscas pela menina mobilizaram polícia e moradores por uma semana. O corpo foi localizado após uma denúncia anônima ao 190 da Polícia Militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!