Roubo de veículos, cargas e homicídios caem no Rio

O secretário de Segurança, general Richard Nunes disse que muitos índices caíram, mas os de homicídios dolosos subiram

O Rio de Janeiro registrou queda de 19% em um ano no número de roubo de cargas em julho. Foram 731 ocorrências contra 908 no mesmo período de 2017. Outros índices também apresentaram queda como o roubo de veículos que passou de 4.951 em julho do ano passado contra 3.518 neste ano, ou seja, uma queda de 29%.
“A partir da próxima semana, vamos iniciar uma operação semelhante ao que fizemos com veículo, vai ser a Operação Dínamo Roubo de Carga. Vai ser muito importante, nós vamos atuar fortemente nessas áreas para cair essa curva, de maneira como caiu a de roubo de veículo, que tem uma queda constante. Nós vamos fazer a mesma coisa com carga”, disse o secretário de Segurança do Estado do Rio, general Richard Nunes.
O roubo de rua, caiu de 12.587 para 11.021, no período avaliado, o que representa queda de 5%. Os dados referentes a latrocínio (roubo seguido de morte) caíram 61%: foram 9 casos em julho deste ano contra 23 em 2017.
O número de homicídios dolosos, no entanto, aumentou: foram 408 em 2018, contra 374 no ano passado. Os números do Instituto de Segurança Pública (ISP) foram antecipados pelo secretário de Segurança do Estado, general Richard Nunes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!