Militares mortos em megaoperação das forças de segurança serão enterrados nesta terça


O cabo Fabiano foi um dos mortos durante a operação Foto: Facebook / Reprodução

Os dois militares mortos nesta segunda-feira durante a megaoperação das forças de segurança nos complexos da Penha, do Alemão e da Maré, todos na Zona Norte do Rio, serão enterrados nesta terça, no Cemitério de Mucajá, em Engenheiro Pedreira, na Baixada Fluminense. O soldado João Viktor dos Santos, de 21 anos, e o cabo Fabiano de Oliveira Santos, de 36, devem ser sepultados juntos, em cerimônia marcada para as 14h.

Um terceiro militar ficou ferido na ação. Marcus Vinicius Viana Ribeiro foi atingido na perna. Ele foi levado para o Hospital Central do Exército (HCE) em Benfica, também na Zona Norte.

Na manhã desta terça, o Comando Militar do leste (CML) divulgou um balanço do que foi apreendido na ação — que está em seu segundo dia nas mesmas comunidades — até as 22h de segunda:

 

 

 

– 60 presos

 

– 05 óbitos de suspeitos civis em decorrência de confronto

 

– 02 militares mortos em decorrência de confronto

 

– 01 militar ferido

 

– 14 armamentos apreendidos (5 fuzis)

 

– 1.045 peças de munição

 

– 07 carregadores

 

– 554 Kg de maconha em tablete e vastas outras quantidades

 

– 01 moto apreendida

 

– 01 colete balístico apreendido

 

– 05 reféns libertados

 

– 4.646 revistas em carros e pessoas

 

– 02 barricadas retiradas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!