Ofereceu cachorro quente e depois estuprou a criança

Policiais Civis da 59ªDP Duque de Caxias) prenderam Luiz Carlos da Silva, sob a acusação de estupro. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Duque de Caxias.

A prisão foi possível após informações obtidas pelos policiais, que davam conta que o estuprador encontrava-se escondido na área rural de Xerém, uma região deserta, sem nenhum benefício público, onde nem o sinal da telefonia conseguiu chegar.

Luis foi condenado em segunda instância pela Justiça, após ter estuprado a menor de idade LGMR, então com 8 anos de idade, em troca de um cachorro quente, tendo confessado o fato em sede policial. Ele foi transferido para um presidio em Bangu, onde irá cumprir pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!