Policia prende miliciano que sequestrou e matou jovens

Policiais Civis da 58ª DP (Posse), prenderam Thiago Prates Macedo, acusado de sequestro, tortura e homicídio. Ele é apontado como miliciano e autor destes crimes contra os adolescentes R.C.N.S., de 15 anos, e I.M.S. de 16 anos, conforme prisão decretada pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Nova Iguaçu.

O grupo paramilitar, no dia 27 de fevereiro, no bairro Nossa Senhora das Graças, em Nova Iguaçu, usando armas de fogo, invadiram a residência das vítimas, passando-se por policiais civis. Após a invasão, agrediram os adolescentes e os conduziram até um imóvel onde iniciaram uma sessão de tortura.

Os próprios milicianos registraram em vídeos a tortura imposta aos adolescentes, que tinha por finalidade, a obtenção de informações acerca do paradeiro de pessoas, supostamente, envolvidas em crimes, bem como extrair das vítimas confissão de que seriam envolvidos com o tráfico de drogas na região.

Durante a tortura, os adolescentes foram asfixiados com a utilização de fios amarrados ao pescoço, bem como obrigados a fazer sexo oral um no outro. As vítimas também foram amarradas e pintadas de cal, e levadas até um lugar ermo, evidenciando que ali foram mortas.
Neste mesmo vídeo, é possível ouvir um dos criminosos fazendo referência a um dos integrantes do bando. Testemunhas compareceram até a delegacia, onde reconheceram o criminoso.

Ladrão

Durante a ação de ontem foram encontradas na residência de Thiago provas de que ele também praticava crimes de roubo. Pois no local foi encontrado uma motocicleta roubada, um carregador alongado, 25 munições de calibre 9 mm, dinheiro oriundo de suas atividades ilícitas (a polícia não informou o montante), bem como um porrete para intimidar vítimas. As diligências continuam para prisão dos demais envolvidos, bem como para elucidar toda a dinâmica e circunstâncias dos crimes praticados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido !!