COLUNA ESPAÇO MOTOR por JOÃO MENDES – 05/09

Acertado Jeep Renegade Longitude
150904 V21

Um dos carros que faz mais sucesso no momento é o Jeep Renegade, primeiro produto da marca a ser produzido no Brasil, que como se diz no popular “esta vendendo que nem água”. É claro que conta muito a tradição da marca que conseguiu abrir vários concessionários autorizados em tempo recorde apoiado em grupos fortes do setor, ligados a Fiat, líder do mercado, proprietária da marca Jeep. Hoje comento a versão do Renegade chamada Longitude, com motor diesel, aliás o primeiro SUV compacto com motor diesel, onde observei muita coisa boa. Seu motor é o 2.0 Multijet II, que desenvolve 170 cavalos de potência, 35,7 Kgf.m de torque  e o câmbio é automático de 9 velocidades. É um motor que atende bem, pisou ele arranca, e principalmente nas subidas de serra observei a suavidade do comportamento do câmbio que faz as trocas, pra cima ou pra baixo, com extrema suavidade. Essa versão tem tração integral (4X4) denominada Jeep Active Drive Low, que eu já havia testado no lançamento do carro, que funciona bem e possui toda a reconhecida tecnologia Jeep. Junte-se a isso controle eletrônico de velocidade em descidas, assistente de partida em rampa, controle de estabilidade, Panic Break Assist e freio de estacionamento elétrico, enfim muita tecnologia para dar bastante segurança. Na estrada o consumo fica perto dos 16 km/l e com o tanque de 60 L proporciona uma boa autonomia. Muito funcional e completo o painel e suas informações, a indicação digital da velocidade em bom tamanho facilita a vida no dia a dia e outro destaque esta no conforto para se estacionar com sensor de estacionamento dianteiro, traseiro e ainda câmera de ré monitorada no painel, não tem como errar. Na hora de manobrar gostei também do jogo da direção que proporciona virar o carro em espaço mais reduzido. Internamente também tem luxo nos bancos de couro, facilmente rebatidos para aumentar o espaço de carga, no sistema de áudio sofisticado, no teto solar e muito mais. O porta-malas tem apenas 260 L. Por ter preparação Isofix para receber cadeiras para crianças no banco traseiro o Renegade recebeu 5 estrelas do Instituto Ncap para crianças e adultos sendo assim o veículo brasileiro mais seguro. A versão de entrada com motor diesel é esta Longitude que custa R$109.900, a versão testada estava com o Pacote Luxo (bancos em couro e rodas aro 18”) que custa R$4.000, Pacote Segurança (air bags laterais, air bags de cortina, airg bag de joelho para o motorista e sistema de monitoramento da pressão dos pneus) mais R$4.000 e teto solar panorâmico que custa R$7.650, portanto total de R$125.550. Depois desta versão só a top, Trailhawk que começa em R$119.900 e pode ter os opcionais da Longitude mais teto solar elétrico por R$8.500 e faróis de Xenônio por R$3.000. Para o Renegade também existe uma linha completa de acessórios comercializados pela Mopar, empresa do grupo FCA, Fiat Chrysler Automobiles. As vendas vão bem mas a fila do início não existe mais, pelo menos nas grandes cidades.

 

O rápido Bravo T-Jet
150904 V22

Para quem curte esportividade a versão do Fiat Bravo mais aconselhada é a T-Jet. Ela tem motor 1.4 L, 16 V, turbo, usa apenas gasolina como combustível e desenvolve 152 cavalos de potência com torque de 23 kgf.m portanto é um carro bem espertinho e gostoso de dirigir. Naquelas situações que você quer sair com disposição ele responde bem, seu câmbio é de 6 velocidades, e na estrada, na hora de uma ultrapassagem, mostra toda sua disposição. O Bravo T-Jet também mostra eficiência nas curvas e vem com pneus aro de 17” medida 215/45. É um hatch bastante equilibrado com bancos esportivos que acomodam melhor seus ocupantes nos bancos dianteiros. Apesar da esportividade a suspensão não é muito dura e seu desempenho é bom, faz de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos e tem velocidade final de 206 km/h. Os freios são a disco nas quatro rodas. Para um hatch o porta-malas é espaçoso, cabem 400 L. A versão 2016 já esta nas concessionárias Fiat por R$81.420.

 

Carros mais vendidos

Em agosto o carro mais vendido no Brasil foi o Chevrolet Onix com 10.998 unidades contra 9.259 do Fiat Palio que ficou em segundo.

 

Simplificando a transferência

O Ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e o Ministro-Chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, anunciaram a criação do Registro Nacional de Veículos em Estoque (RENAVE). Através de um sistema eletrônico o estabelecimento que comercializa veículos usados – lojas, revendas ou concessionárias – poderá fazer o registro de entrada e saída de veículos em estoque diretamente no órgão de trânsito responsável pelo licenciamento. A medida entra em vigor a partir de março de 2016.

 

Vem aí o Salão Duas Rodas

De 7 a 12 de outubro acontece no Parque de Exposições do Anhembi, São Paulo, o Salão Duas Rodas, o maior no segmento de motocicletas há quase 25 anos. Todos os dias das 14 às 22 horas com ingressos a R$34,00 ( inteira ) através de compra antecipada no site www.salaoduasrodas.com.br

error: Conteúdo protegido !!