Vereadora Fatinha denuncia crime ambiental em Caxias

150908 H23

Na área da Petrobras em Campos Elíseos, o lixão a céu aberto incomoda

Revoltada com a omissão da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em Duque de Caxias contra práticas criminosas que têm ocorrido em área ambiental, no Parque Império, em Campos Elíseos, a vereadora Fatinha resolveu apelar para o Ministério Público. Em atendimento ao clamor dos moradores, ela denuncia a exploração irregular de uma barreira e um lixão clandestino dentro de uma reserva da Petrobras, onde passa dutos. “É uma vergonha esse tipo de crime dentro da nossa cidade e ninguém faz nada. Cadê o secretário de Meio ambiente?  Há denúncias de que a barreira não possui licença ambiental para funcionar e está destruindo o solo, causando sérios danos para a saúde da população. Além disso, próximo a esse local, uma área restrita se transformou em lixão. E quem sofre é o povo. A tendência é só piorar. O local, que deveria servir de referência, já que se localiza no entorno da Petrobras está um verdadeiro abandono. Sujeira, mau cheiro, poluição, degradação, enfim, um local inóspito. Tomarei todas as medidas cabíveis para frear essa prática. O que não pode é ficar do jeito que está”, indignou-se Fatinha.

error: Conteúdo protegido !!