18 de junho de 2024

Quatro veículos foram apreendidos, na manhã desta quarta-feira (11/05), na Estrada de Madureira, em Nova Iguaçu, pelos fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários do Rio de Janeiro (Detro-RJ), por realizar transporte remunerado de passageiros sem autorização do poder concedente, em mais uma ação de combate ao transporte irregular. A operação foi desencadeada em conjunto com equipes da Polícia Civil, das delegacias 52° DP (Nova Iguaçu) e 56° DP (Comendador Soares).

A ação aconteceu após informações do setor de inteligência do Detro-RJ. Foi detectado que na região veículos circulam sem permissão e que podem estar ligados à milícia local, fazendo transporte de passageiros.

Essa é a segunda operação do Detro-RJ em municípios da Baixada Fluminense para coibir o transporte irregular praticado por veículos não registrados no órgão. Todas as ações têm base em informações do Setor de Inteligência da autarquia, criado em fevereiro, logo após o delegado William Pena Júnior, que era titular da Draco, assumir o órgão.

Na semana passada, foi realizada uma ação no bairro de Piabetá, em Magé, com a participação da Delegacia de  Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA). Na ocasião, quatro veículos irregulares foram apreendidos. Um motorista de van foi preso em flagrante pela DRFA quando cobrava propina de uma van para circular na região. O celular dele foi apreendido e, nas mensagens, um grupo avisava a outros motoristas das ações do Detro em Magé naquele dia.

De acordo com as investigações, o transporte ilegal é utilizado por organizações criminosas como tráfico ou milícia para lavagem de dinheiro, cobrança das taxas dos motoristas para aquisição de armas, munições e corrupção de agentes públicos.

error: Conteúdo protegido !!