18 de junho de 2024
Foto: Isabel Almeida/Carta Z Notícias
Foto: Isabel Almeida/Carta Z Notícias

A Honda sabe bem o potencial do mercado de SUVs no Brasil. Atualmente, a marca japonesa colhe bons frutos do compacto HR-V, que já lidera o segmento no país. Mas nem por isso deixou de ampliar sua perspectiva. Desde julho, a fabricante vende o utilitário médio CR-V reestilizado, em sua linha 2015. Importado do México, o modelo passou por uma leve mudança estética e, de quebra, ganhou elementos visuais e tecnológicos que evidenciam cada vez mais a função urbana do crossover.
A Honda decidiu nivelar o modelo na parte de cima de seu line-up: o SUV é vendido apenas na versão EXL e por impressionantes R$ 134.900. O CR-V é animado pelo mesmo motor 2.0 16V Flex do Civic, que rende 155 cv de potência e 19,5 kgfm de torque, disponíveis a 4.800 rpm, quando abastecido com etanol. Com gasolina no tanque, esses números descem para 150 cv e 19,3 kgfm. O trem de força é completado por uma transmissão automática de cinco velocidades que distribui o torque para as quatro rodas.

Foto: Isabel Almeida/Carta Z Notícias
Foto: Isabel Almeida/Carta Z Notícias

Visualmente, o utilitário esportivo mudou principalmente na dianteira, que passou a adotar a atual identidade visual da marca. Com isso, o modelo ganhou grade tipo colmeia, com uma barra cromada e outra em preto brilhoso, novo conjunto ótico com luzes diurnas em led, faróis de chuva retangulares envoltos em moldura cromada e para-choque redesenhado e mais encorpado. Já atrás está um novo para-choque e friso cromado que contorna a parte inferior do vidro e avança sobre as lanternas. De perfil, as rodas de liga leve de 17 polegadas têm um design também renovado, mais esportivas.
Por dentro, o painel mistura materiais suaves ao toque com detalhes cromados. O console central ficou maior – graças à mudança do freio de estacionamento, que passa a ser de pedal – e os passageiros traseiros contam com saídas de ar-condicionado, que na dianteira é dual zone. O volante agrega os comandos do sistema de áudio e do piloto automático. Volante, alavanca de câmbio e bancos recebem revestimento em couro.

Foto: Isabel Almeida/Carta Z Notícias
Foto: Isabel Almeida/Carta Z Notícias

Mas o principal destaque do interior do SUV médio da Honda é a central multimídia. A tela touch de 7 polegadas conta com GPS integrado com informações de trânsito por meio de radiofreqüência. Na prática, o equipamento dispensa a conexão com a internet para informar as condições de trânsito e, se preciso, sugerir rotas alternativas. Por enquanto, o serviço está disponível apenas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Há ainda conexão wi-fi com o uso de browser para acesso à internet, mas só funciona quando o carro está parado – questão de segurança, para evitar acidentes. A central tem ainda conexão Bluetooth e entrada HDMI para reproduzir áudio, vídeo e imagens em alta definição por meio de dispositivos como notebooks e câmaras digitais.
Outro diferencial da tela do sistema de entretenimento é que ele reproduz as imagens da câmara de ré em três modos diferentes de visualização. O primeiro é o normal, o segundo com grande angular, que aumenta o campo de visão, e o terceiro exibe de cima para baixo, mostrando o chão para o motorista. O estacionamento é facilitado ainda por uma outra novidade: a função Tilt Down no retrovisor externo direito. Quando a ré é engatada, o espelho é automaticamente ajustado para baixo. Outra mudança fica por conta da adoção de chave presencial, que possibilita o acesso ao SUV e também à partida do motor com apenas um toque.
Não há como prever um número de vendas muito alto em relação ao CR-V. O modelo está sujeito à cota imposta em acordo para a importação sem o Super IPI. Para esse segundo semestre de 2015, estão liberadas 2.500 unidades. Exatamente o que a marca espera vender até o final do ano.

 

por Márcio Maio
Auto Press

error: Conteúdo protegido !!