16 de julho de 2024

O picadeiro do Big Brothers Cirkus, que está com uma temporada de apresentações no estacionamento do Carrefour, em Belford Roxo, recebeu cerca de 500 alunos da rede municipal de ensino para uma apresentação para lá de especial. Entre palhaçadas, cambalhotas, malabarismo e apresentações musicais, as crianças tiveram uma tarde cheia de risadas na última quinta-feira (28-07). As escolas participantes foram Miguel Ângelo Leone, Ernesto Pinheiro Barcellos, Irmã Maria Filomena Lopes Filha, Álvaro Lisboa Braga, Albertino Lopes, Manoel Gomes, Rudá Iguatemi Villanova, Ciep Municipalizado Casemiro Meirelles e Creche Jorge Ayres de Lima.

O secretário de Fazenda, Marcos Ximenes, destacou a importância da parceria com a educação no sentido de proporcionar esse entretenimento. “Sabemos que muitas delas não tiveram e não têm acesso a essa oportunidade de assistir um grande espetáculo. Quando conseguimos alinhar com a companhia, pensamos nelas primeiro e na festa que seria. Essa foi a primeira de muitas visitas ao circo. Provavelmente nas próximas semanas traremos mais crianças para assistir ao espetáculo”, explicou Ximenes.

Primeira vez no circo

Para o secretário de Educação, Denis Macedo, momentos como esses são importantes, pois o contato com a cultura e com o lúdico desenvolve nas crianças habilidades fundamentais para o processo de aprendizagem. “Agradeço ao secretário Ximenes por intermediar e nos proporcionar essa oportunidade. A Secretaria de Educação não mede esforços para que os passeios didáticos e culturais sejam uma rotina para nossos alunos”, garantiu Denis.

Em sua primeira vez no circo, Sophia Faria, 8 anos, ficou maravilhada com cada apresentação. “Eu amei e achei tudo muito bom. Foram muitas apresentações legais e aprendi que tenho que ser sempre boazinha e ter respeito”, disse a pequena. Isabela Railine, 6, gostou tanto que já quer voltar para assistir as apresentações de novo. “Quando eu crescer quero ser assim. Adorei todas as atrações e sair da sala de aula e ir ao circo já é um estudo, pois aprendemos muito”, completou.