24 de julho de 2024

– A Polícia Federal realizou, na manhã desta sexta-feira (19/11), a Operação GHOST, com o objetivo de cumprir mandado de busca e apreensão no escritório de um advogado, no bairro Coelho da Rocha, em São João de Meriti/RJ, expedido pela 3ª Vara Federal de São João de Meriti/RJ.

O investigado usava documentos falsos e alegava prestar assessoria para dar entrada em benefícios do INSS. Na ação, os policiais federais apreenderam documentos diversos e equipamentos utilizados na prática delitiva.

A operação contou com o apoio do Núcleo Regional da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista no Rio de Janeiro, do Ministério do Trabalho e Previdência e foi acompanhada por dois representantes da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil.

O suspeito responderá pelos crimes de estelionato previdenciário, falsidade ideológica e material além do uso de documento falso, sem prejuízo de eventuais outros crimes no decorrer da investigação.

O nome GHOST se deve à prática do advogado, que conseguia benefícios previdenciários com base em documentos de pessoas inexistentes – “fantasmas”.