16 de julho de 2024

Expedição de brasileiros para ver o fenômeno na Noruega, Suécia e Finlândia tem vagas esgotada – Considerada uma das épocas mais esperadas no Brasil, o Carnaval é também oportunidade para quem prefere estar longe da folia ou quer aproveitar esses dias para uma aventura diferente.

É o caso de um grupo de 28 brasileiros que, no próximo dia 18 de fevereiro, inicia uma caçada especial em países do Ártico, atrás das famosas auroras boreais – um show de luzes coloridas que aparecem no céu e são visíveis em alguns países do Hemisfério Norte.

A administradora de empresas Camila Laporta, 41, está ansiosa com a viagem. ” Expectativa a mil para vivenciar algo que a gente imagina ver só em filmes e participar de algo da natureza que transmite muita energia boa e sentimentos maravilhosos. A única certeza é que será uma experiência única na minha vida”, diz. 

O grupo de Camila reúne pessoas de diversas cidades do Brasil, com idades diferentes, profissões diferentes e um mesmo sonho: ver uma aurora boreal a olho nu. Quem conduzirá a viagem é Marco Brotto, o Caçador de Aurora Boreal, especializado em organizar expedições em grupo e que será o guia dos brasileiros.

“Para quem sonha em ver a aurora boreal de perto, mas não sabe como realizar essa viagem, a principal dica é contar com um guia especializado. Ir sozinho em busca do fenômeno é uma tarefa difícil, perigosa e até frustrante, porque sem o conhecimento e as ferramentas adequadas é possível voltar da viagem sem ter visto aurora alguma”, conta Brotto, que tem mais 1100 expedições realizadas com taxa de 100% de visualização de auroras. 

“Nossa jornada é repleta de pequenos detalhes, muitas vezes imperceptíveis para o viajante. Mas são esses detalhes que carregam a experiência, segurança e minha responsabilidade no comando da expedição “ finaliza.