21 de julho de 2024

Agência Brasil – A Alemanha, bicampeã mundial (2003 e 2007) e vice-campeã europeia, caiu pela primeira vez na história na fase de grupos da Copa do Mundo feminina de futebol. Nesta quinta-feira (3), a equipe europeia, que dependia de uma vitória para avançar no Grupo H, acabou empatando 1 a 1 com a Coreia do Sul, lanterna da chave, no estádio de Brisbane (Austrália). Cho So-hyun abriu o placar para as asiiáticas aos cinco minutos, e Alexandra Popp igualou aos 41.O resultado no outro duelo da chave foi decisivo para a eliminação das alemães: o Marrocos, que começou a rodada em terceiro lugar no grupo, bateu a líder Colômbia por 1 a 0, com gol de Lahmari, e assegurou a classificação na segunda posição da chave. As colombianas avançaram em primeiro lugar e serão as únicas sul-americanas no mata-mata.

As duas equipes jogam as oitavas na próxima terça-feira (8), na Austrália. A Colômbia encara a Jamaica, que eliminou o Brasil, às 5h (horário de Brasília), em Melbourne. Já o Marrocos entra em campo contra a França, às 8h, em Adelaide.  

No primeiro tempo, bastaram cinco minutos para Lee Young-Ju cruzar para Cho So-Hyn finalizar com categoria e colocar as sul-coreanas na frente do placar. Após sofrer o gol, a Alemanha até tentou reagir, mas teve dificuldades diante das adversárias, mais propositivas e com a defesa bem organizada. As asiáticas seguiram administrando o placar até que, aos 41 minutos, Huth conseguiu cruzar dentro da área para Popp, de cabeça, deixar tudo igual no estádio de Brisbane. A alegria das alemãs durou pouco, porque no outro duelo da chave, em Perth, o Marrocos abria o placar contra a Colômbia, aproximando as africanas da classificação em segundo lugar da chave. 

Após o intervalo, a Alemanha pressionou o quanto pode em busca da vitória, principalmente em jogadas áreas. Aos 12 minutos, Huth cruzou para Popp que testou para o gol do meio da área. Aos 25 minutos, as sul-coreanas tiveram uma boa chance de passar à frente no placar, em cobrança de escanteio de Ji So-Yon, que por um triz não marca um gol olímpico. A goleira Frohms chegou a desviar com a mão,mas a arbitragem não viu e deu tiro de meta. Dois minutos depois, de novo Popp, aproveitou cruzamento de Lohmann e cabeceou forte em cima da goleira Kim Jung-Mi, que evitou o gol alemão.

Nos minutos finais, a equipe europeia foi para o tudo ou nada. Por duas vezes, Lohmann quase ampliou para a Alemanha. Aos 55 minutos, ela se livrou da marcação e arriscou um chute rasteiro de fora da área, que passou com perigo do lado direito do gol. Dois minutos depois, partiu com a bola até a entrada da área e mandou um foguete, mas a bola passou por cima do gol. E parou por aí: o duelo chegou ao fim, com ambas as equipes eliminadas na fase de grupos.

Marrocos arremata segunda vaga

Com quatro pontos na tabela, mesmo total da Alemanha, o Marrocos entrou em campo determinado a vencer para chegar ao mata-mata. E foi o que aconteceu já nos acréscimos do primeiro tempo, nos estádio Retangular, em Perth (Austrália). Após um pênalti mal cobrado por Chebbak, a goleira Pérez deu rebote e  Lahmari atenta chutou para o fundo da rede, marcando o gol da classificação marroquina às oitavas de final. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues