24 de julho de 2024
Dilma: uma sociedade que se pretende civilizada deve aprender a conviver muito bem com as diferenças
Dilma: uma sociedade que se pretende civilizada deve aprender a conviver muito bem com as diferenças

Na sexta- feira (18), a presidente Dilma Rousseff afirmou em vídeo divulgado em sua página no Facebook que repudia manifestações de ódio e que o governo seguirá combatendo o preconceito, a xenofobia e a intolerância.
Ela ainda declarou que, apesar de o Brasil ser “mundialmente conhecido pela fraternidade de seu povo”, temos assistido no país “ao crescimento de um clima de preconceito e intolerância”.
“Quero expressar aqui o meu repúdio a toda forma de ódio contra quem quer ou o que quer que seja. O nosso governo seguirá combatendo a xenofobia e qualquer tipo de intolerância. Seguirá combatendo o racismo, a homofobia e a violência contra as mulheres. O ódio não é liberdade de expressão”, afirmou Dilma no vídeo que dura um minuto e 15 segundos.
A presidente não fez menção a nenhum episódio específico. O vídeo, de acordo com a assessoria da Presidência, foi gravado no início de agosto, como parte de uma série de vídeos de cerca de um minuto que a presidente gravou na época.
Para Dilma, uma sociedade civilizada tem que aprender a conviver com as diferenças e o Brasil deve honrar a tradição de país pacífico.”Uma sociedade que se pretende civilizada deve aprender a conviver muito bem com as diferenças, deve aprender a tolerar as divergências culturais e de pensamento. O Brasil sempre foi um país pacífico, fraterno e tolerante e se quisermos ser um país cada vez mais civilizado devemos honrar essa nossa tradição”, concluiu a presidente.