Polícia Civil recolhe bombas de posto que vendia combustíveis de forma irregular

Durante ação em São Gonçalo e Niterói, seis estabelecimentos foram fiscalizados – Policiais civis da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) realizaram, nesta quarta-feira (09/08), uma ação de fiscalização a postos de combustíveis de São Gonçalo e Niterói, na Região Metropolitana. A equipe foi a seis estabelecimentos e, em um deles, foi necessário recolher as bombas de combustível. Toda a ação foi acompanhada por peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) e por técnicos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Um dos alvos era um posto no bairro Porto da Pedra, em São Gonçalo, que já havia sido lacrado e interditado anteriormente por conta da comercialização de gasolina com níveis de álcool muito acima do permitido e também com adição de metanol, cuja venda é proibida no estado do Rio de Janeiro. Durante a operação, os agentes verificaram que os lacres haviam sido rompidos e que o posto seguia em funcionamento.

Diante da desobediência praticada pelo proprietário, as bombas foram desmontadas e recolhidas. O posto foi novamente interditado e a delegacia representou por medidas cautelares contra o responsável pelo estabelecimento.

Dentre os demais postos fiscalizados, foram encontradas irregularidades em três deles – no Colubandê, também em São Gonçalo, e nos bairros de Icaraí e Itaipu, em Niterói. Os estabelecimentos foram interditados e seus proprietários podem responder por crimes contra a ordem econômica e o sistema de combustíveis.

error: Conteúdo protegido !!