Galpão clandestino em Caxias envasava derivados de petróleo irregularmente

Três pessoas foram presas em flagrante. Os autores colocavam embalagens de marca conhecida, principalmente de óleo automotivo – Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam três pessoas em flagrante, nesta quarta-feira (13/08), e fecharam um galpão clandestino onde eram envasados irregularmente derivados de petróleo. O local funcionava na comunidade Nova Campina, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. 

Segundo as investigações, os autores colocavam embalagens de marca conhecida, principalmente de óleo automotivo, nos galões para revenda no comércio, enganando o consumidor.
Os agentes foram até a comunidade após denúncia e um levantamento de informações. No galpão foram encontrados cerca de cinco mil litros do produto. Os policiais constataram que o local funcionava sem nenhuma autorização dos órgãos competentes e em uma área dominada pelo tráfico de drogas. 
Dos três presos, um deles era apontado como sócio do estabelecimento, enquanto os outros dois envasavam o produto de origem desconhecida nos galões. Um quarto envolvido na fraude foi identificado. 

O grupo foi autuado por crimes contra a ordem econômica e contra a relação de consumo.

error: Conteúdo protegido !!