Feira Iguassú celebra a primavera com dança, gastronomia e muita alegria

Música, dança, boa gastronomia, moda e artesanato  foram as principais atrações da Feira Iguassú, que aconteceu neste sábado (16), na rua Getúlio Vargas e  no Complexo Cultural Mário Marques. Em sua 14º edição, a ação realizada pela Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (Fenig), celebrou a chegada da primavera.

A programação artística começou com a apresentação do grupo As Soltarinas e continuou com as bandas “Semcult”, “Pimenta do Reino”, encerrando com uma roda de samba do grupo Samba de Siriguela. A criançada também aproveitou a Feira no pula pula e nas oficinas de argila e pintura em tela comandada pelo artista plástico Domi Júnior, além da clássica pintura facial com a maquiadora Flávia Rob.

O local estava repleto de opções para quem queria comprar o que quisesse, desde cordões e toalhas de crochê, aos mais variados doces salgados, pratos típicos, entre outras delícias.

“É sempre uma alegria muito grande ver como a Feira Iguassú é recebida pela população, além da satisfação de todos os expositores e artistas participantes. Em todas as edições vemos isso, e é muito bom” disse o secretário municipal de Cultura, Marcus Monteiro.

“É uma oportunidade maravilhosa de mostrar nosso trabalho, encontrar amigos que também são artesãos, artistas e fazedores de arte e mostrar o valor da nossa classe para a cidade. Participo sempre”, disse Maria Regina, de 49 anos,  moradora de Nova Iguaçu, uma das expositoras da Feira que faz toalhas e outros adereços de crochê.

“Acho muito válida a iniciativa. Estava passando aqui pela rua, vi o movimento e decidi ver o que era. Adorei, belíssimo trabalho de todos os envolvidos”, disse Andreia da Conceição, de 57 anos, que passava perto da Feira Iguassú e resolveu parar nos estandes.

Fotos –  Alziro Xavier

error: Conteúdo protegido !!