Evento brasileiro ganha prêmio mundial de Cultura Automobilística

Por Thiago Songa    

Você não leu errado! O Brasil ganhou um concurso mundial “de cultura”.

     O Brasil possui quase 120 milhões de veículos registrados. Destes, apenas 3 milhões possuem mais de 30 anos (menos de 2%) e destes, apenas 13.000 veículos possuem mais de 75 anos e estão na “faixa dos veículos considerados Pré-Guerra”.
     O evento brasileiro “Pé na Tábua – PNT” é um evento dedicado a veículos até 1948, ou seja, que busca reunir parte de 0,01% da frota brasileira (isso mesmo, divide 1% em 100 partes e separa 1 parte somente). Segundo o organizador Tiago Songa, natural de Franca/SP, “Precisa ser muito teimoso pra insistir num evento desse e acreditar que ele vai ter sucesso”.

     Mas acontece que o Pé na Tábua vem, desde 2011, mudando a forma de pensar o movimento do antigomobilismo brasileiro. Realizado na Fazenda Dimep, região de Itatinga-SP e também na cidade de Barra Bonita, também interior de SP, o PNT se tornou uma referência na experiência de curtir o veículo antigo como realmente ele foi criado para servir, ou seja, para guiá-lo!. Songa ainda usa uma frase do Ex-Presidente da Federação Brasileira de Veículos Antigos, Henrique Thielmann, que diz: “O Auto é Móvel”.
     E essa teimosia deu lugar ao reconhecimento! O PNT acaba de conquistar um prêmio mundial promovido pela Federação Internacional de Veículos Antigos, o “FIVA Culture Awards”, um prêmio anual que reconhece o esforço em prol da continuidade do movimento dos veículos antigos como atividade cultural.

    De acordo com a Vice-Presidente da FIVA, Natasa Jerina Grom: “O excelente compromisso e dedicação na organização do Projeto Pé na Tábua, enfatizando que veículos históricos foram feitos para serem conduzidos realmente nos impressionou”.

     O Prêmio “FIVA Culture Awards” será entregue dia 24 de novembro, em Atenas na Grécia, durante realização da Assembléia Geral da FIVA com presença dos mais importantes representantes mundiais do movimento dos veículos antigos.

     O Pé na Tábua desafia as estatísticas e prova que é possível fazer a diferença com apenas 0,01% de mercado e ainda sim sacudir todo um movimento criando referências.

     É a certeza de que o melhor do Brasil, é o Brasileiro!

error: Conteúdo protegido !!