Novos sistemas de segurança e assistência ao motorista desenvolvidos pela ZF estarão disponíveis ao mercado até 2025

A ZF concluiu a fase de desenvolvimento e de testes da nova geração de sistemas avançados de segurança veicular. A empresa anunciou o início da produção de sua 5ª geração de câmeras para 2025, do supercomputador ZF ProAI para o próximo ano e, ainda para 2023, o início da produção de seu sistema Steer-by-wire (direção por fios). O objetivo é apoiar o movimento da indústria automotiva em direção à automação de veículos com uma gama completa de componentes que vão desde ADAS (Sistemas Avançados de Assistência ao Motorista), software para carros de passeio até sistemas completos de transporte autônomo.

Segundo estudos da ZF, até 2025, 75% dos veículos leves em todo o mundo estarão equipados com algum tipo de sistema ADAS, como o freio automático de emergência. A ZF também prevê que mais de metade dos veículos em todo o mundo terão sistemas avançados de assistência ao condutor até 2035.

Andrew Whydell, vice-presidente de planejamento de produto e estratégia para sistemas de veículos do Grupo ZF, espera que o forte crescimento nesta área continue. “Os números demonstram que a demanda por essas tecnologias está cada vez maior em termos globais e vem se popularizando”, disse Whydell. Os números de vendas da empresa confirmam esta tendência. A ZF é líder de mercado em câmeras frontais de segurança, com mais de 50 milhões de unidades produzidas globalmente desde 2008, sendo 10 milhões de unidades vendidas somente em 2022.

Câmeras de 5ª geração com melhor desempenho e maior campo de visão

A ZF já desenvolveu e testou sua 5ª geração de câmeras. O produto começará a ser produzido em larga escala em 2025. Essas câmeras se diferenciam das gerações anteriores em desempenho e campo de visão, detectando com precisão pedestres, bicicletas e motocicletas. Esta nova tecnologia proporcionará um campo de visão horizontal mais amplo, de 120 graus, 20% mais que sua geração anterior, com mais de quatro vezes a resolução de imagem (oito megapixels). Além disso, pode detectar veículos a uma distância de 250 metros, em comparação com 170 metros da geração anterior. Pedestres e ciclistas podem ser identificados a uma distância de até 70 metros. De acordo com Whydell, “as câmeras ZF são historicamente as menores e mais avançadas do mercado e também as mais fáceis de instalar atrás do espelho retrovisor dos veículos”.

Além disso, “a nova geração de câmeras representa mais um passo à frente no cumprimento das futuras classificações de segurança de 5 estrelas do Euro NCAP e outros requisitos e regulamentos gerais de segurança que exigem protocolos de testes cada vez mais rigorosos”, disse Whydell.

ZF ProAI será produzido em larga escala em 2024

Após o lançamento do ZF ProAI em 2021, a ZF recebeu os primeiros pedidos do supercomputador nos segmentos de carros de passeio e veículos comerciais e iniciará a produção em larga escala a partir do próximo ano. O componente atende desde aplicações ADAS de nível 2 até o nível 5 e pode realizar 1.500 trilhões de operações por segundo (TOPS). Em comparação, essa velocidade é cerca de 42 vezes maior que a do novo iPhone15 Pro.

De acordo com Whydell, “o ZF ProAI cobre uma ampla gama de possíveis campos de aplicação para praticamente todos os tipos de veículos e é adequado para todas as fases da condução automatizada ou autônoma”. O computador fornece percepção de 360 graus baseada em GPU – Unidade de Processamento Gráfico – de todos os dados de sensores disponíveis, incluindo câmera, radar e LiDAR. Em linha com as exigências da indústria automotiva, foi concebido para operar em condições extremas e oferece os mais recentes mecanismos de segurança contra ameaças cibernéticas.

Steer-by-wire agora em produção em série

A ZF produz uma linha completa de chassis e atuadores de segurança que podem ser usados para ajudar os motoristas a melhorar sua segurança. Esses componentes incluem sistemas de direção dianteira e traseira, sistemas de freio e controle da dinâmica veicular em condução normal e em situações de emergência. Uma das tecnologias mais recentes é o Steer-by-wire (direção por fios), projetado para atender às demandas de diversas montadoras. A nova tecnologia da ZF é um pré-requisito importante para a automação avançada de carros de passeio e pode também ser aplicada à automação de veículos comerciais.

A tecnologia transmite os comandos do motorista ao sistema de direção inteiramente por meio de sinais elétricos, eliminando a ligação mecânica entre o volante e o eixo dianteiro. De acordo com Whydell, espera-se que a tecnologia by-wire (por fios) desempenhe um papel cada vez mais importante em todos os aspectos do controle de movimento do veículo – longitudinal e transversal.

“Os veículos se tornarão mais automatizados, conectados e eletrificados em todo o mundo, e a ZF está trabalhando para reduzir os esforços de desenvolvimento das montadoras com tecnologia de ponta”.

Fonte: MM Editorial – www.mmeditorial.com.br

error: Conteúdo protegido !!