Prefeitura planta mais de 200 mudas de árvores na Serra do Vulcão

Mais de 200 mudas de árvores, como pau-ferro, pau-cigarra, angico, embaúba, grumixama, pitanga, todas espécies nativas da Mata Atlântica, foram plantadas na manhã deste domingo (3), na Serra do Vulcão. A ação aconteceu durante o projeto “Eles queimam, nós plantamos”, do Instituto Ambiental e Ecoturismo (EAE), apoiado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Nova Iguaçu, que visa o reflorestamento na região.  Desde 2017, já foram plantadas aproximadamente 70 mil mudas na cidade, sendo mais de três mil em 2023.

“Com o agravamento das mudanças climáticas, esse plantio é importante para o equilíbrio do clima na nossa cidade. Hoje plantamos esperança para que as pessoas tenham consciência da preservação ambiental para o bem de todos”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Edgar Martins. “Uma amostra disso é o crescimento na participação dos voluntários no projeto. Com isso, estamos diminuindo as queimadas, que tiveram seu pico em 2020 e 2021, quando destruiu cerca de 300 hectares. Este ano, as queimadas consumiram aproximadamente 100 hectares, e, com a população consciente de seu papel de fiscalização e de atuação no reflorestamento, ajudando também a denunciar, vamos conseguir reduzir ainda mais as queimadas”, contou Edgar, destacando também a atuação dos agentes da Guarda Ambiental de Nova Iguaçu.

Morador de Belford Roxo, o músico William Seabra, de 36 anos, participou do plantio de mudas de árvores pela primeira vez. Ele disse que a experiência foi única, e, no próximo evento, vai voltar com a família.

“Estou colaborando um pouquinho com o reflorestamento e preservação do meio ambiente. Quando venho à Serra, vejo alguns pontos devastados pela queimada provocada pelo homem. Isso aqui também é um trabalho de conscientização. Na próxima edição vou trazer meu filho e estimular o plantio para que outras pessoas também deixem um legado para gerações futuras”, garantiu.

error: Conteúdo protegido !!